Exportações brasileiras | Omega Grupo
PT EN

NOTÍCIAS

Fique atento às novidades.

Exportações brasileiras

A terceira semana de maio (13 a 19), com cinco dias úteis, tiveram exportações de US$ 5,121 bilhões, com média diária de US$ 1,024 bilhão. Este resultado está 5,5% abaixo da média de US$ 1,084 bilhão, verificada até a segunda semana do mês. Neste comparativo, houve queda nas exportações de produtos semimanufaturados (-26,7%), com retração nas vendas de açúcar em bruto, couros e peles, ferro-ligas e semimanufaturados de ferro e aço. Para os manufaturados (-5,5%), o recuo ocorreu, especialmente, em automóveis de passageiros, autopeças, açúcar refinado, veículos de carga, polímeros plásticos e máquinas e aparelhos para terraplanagem. Entre os básicos (-1,6%), houve, principalmente, redução nos embarques de soja em grão, minério de ferro, e carne bovina, suína e de frango.

As importações semanais foram de US$ 5,168 bilhões, com desempenho médio diário de US$ 1,033 bilhão. Houve crescimento de 11,6% sobre a média registrada até a segunda semana, (US$ 926,3 milhões), com aumento, principalmente, nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, veículos automóveis e partes, químicos orgânicos e inorgânicos, instrumentos de ótica e precisão, e siderúrgicos.

Com esses resultados, a balança comercial semanal registrou déficit de US$ 47 milhões, com média diária negativa de US$ 9,4 milhões, e corrente de comércio de US$ 10,289 bilhões (média de US$ 2,057 bilhões).

Mês

No acumulado mensal, as exportações somam US$ 12,709 bilhões, com resultado médio diário de US$ 1,059 bilhão. Em comparação com a média de maio do ano passado, houve aumento (0,4%) nas vendas. Cresceram os embarques de produtos básicos (8,4%), com destaque para milho em grãos, soja em grão, minério de cobre, fumo em folhas, carne de frango, minério de ferro e farelo de soja. Por outro lado, decresceram as vendas de produtos semimanufaturados (-22,6%), por conta, principalmente, de óleo de soja em bruto, semimanufaturados de ferro e aço, açúcar em bruto, ferro-ligas, ouro em forma semimanufaturada, e couros e peles. Também foram reduzidas as exportações de produtos manufaturados (-1,8%), em razão de laminados planos, máquinas para terraplanagem, motores e geradores elétricos, polímeros plásticos, e óleos combustíveis.

Em relação à média de abril passado (US$ 937,8 milhões), as exportações tiveram alta de 12,9%, com crescimento nas vendas de produtos manufaturados (6%) e básicos (22,6%), enquanto decresceram as de semimanufaturados (-5,9%).

Maio de 2013 registra importações de US$ 11,652 bilhões (média de US$ 971 milhões). Em relação a maio de 2012 (US$ 920,6 milhões), a média aumentou 5,5%. Cresceram, principalmente, as compras de adubos e fertilizantes (61,6%), plásticos e obras (20,1%), aparelhos eletroeletrônicos (19,4%), instrumentos de ótica e precisão (13,7%), químicos orgânicos e inorgânicos (10,7%) e veículos automóveis e partes (6,3%).

Na comparação com o resultado médio alcançado em abril de 2012 (US$ 983 milhões), verificou-se retração de 1,2% nas importações. Houve queda, especialmente, nos gastos combustíveis e lubrificantes (-14,1%), farmacêuticos (-11,9%), veículos automóveis e partes (-10,7%), e adubos e fertilizantes (-0,7%).

No mês, há superávit de US$ 1,057 bilhão, com desempenho médio diário de US$ 88,1 milhões. A corrente de comércio, em maio, soma US$ 24,361 bilhões, com média diária de US$ 2,030 bilhões. Pela média, o resultado representa acréscimo de 2,7% em relação a maio de 2012 (US$ 1,975 bilhão) e de 5,7% em referência a abril último (US$ 1,920 bilhão).

Ano

De janeiro até a terceira semana de maio, as exportações brasileiras totalizaram US$ 84,176 bilhões (média diária de US$ 895,5 milhões), com redução de 3,9% sobre a média diária do período equivalente do ano passado (US$ 932 milhões). O resultado diário do acumulado anual das importações está 9,6% maior em relação ao ano passado (média de US$ 866,9 milhões). No ano, as compras brasileiras no mercado externo chegam a US$ 89,271 bilhões (média de US$ 949,7 milhões).

Nos 94 dias úteis de 2013, a balança comercial registra déficit de US$ 5,095 bilhões (média diária negativa de US$ 54,2 milhões). Em período correspondente do ano passado, havia superávit de US$ 6,251 bilhões, com resultado médio diário de US$ 65,1 milhões. No ano, a corrente de comércio alcançou US$ 173,447 bilhões (desempenho diário de US$ 1,845 bilhão), resultado 2,6% acima do verificado no período equivalente de 2012, que teve média diária de US$ 1,798 bilhão.

Ajude-nos a melhorar. Preencha nossa pesquisa de satisfação e CONTE-NOS COMO FOI A SUA EXPERÊNCIA

Clique Aqui

Nossos Clientes

Contato

soluções customizadas com agilidade e confiança
Av. Estados Unidos, Ed. Cidade de Ilhéus, 9ºandar Salvador - Bahia - Brasil - CEP: 40.010-020
Grupo Omega Agência Wonder

Conte-nos como foi sua experência conosco

E NOS AJUDE A OFERECER UM SERVIDO AINDA MELHOR!

  • 4 para Muito Satisfeito (to Very Satisfied)
  • 3 para Satisfeito (to Satisfied
  • 2 para Insatisfeito (to Very Satisfied
  • 1 para Pouco Insatisfeito (to not much Satisfied
  • Planejamento de Serviço (Planning Service)
  • Qualidade Técnica dos Serviços Executados (Technical Quality)
  • Qualidade na Exatidão e Clareza das Informações Prestadas (Followup)
  • Cumprimento dos Prazos Estabelecidos (Deadlines)
  • Prazo para Prestação de Contas (Deadline for Accountability)
Cancelar (Cancel)